Follow by Email

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

A EDUCAÇÃO PERDEU GENALDO



                Por  morar no entorno da E. E. Felício Pereira de Araújo a 25 anos, pude ver como aquela escola evoluiu com Genaldo na direção.  Que me desculpem os  outros diretores que passaram pela instituição.
                Já na faculdade, no curso de história, fiz estágio no Felício. Pude testemunhar o empenho de Genaldo. Ele era daqueles diretores que incentivavam atividades extra classe. Não acreditava na escola do cuspe e do giz simplesmente. Nunca se opôs à montagem do Grêmio Estudantil na escola. Gostava que os alunos tivessem noções de cidadania, protagonismo  juvenil  e participação política.
                A educação no Brasil precisa de mais Genaldos  !!!!!!!!!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Estudantes comemoram 50% do Fundo Social do Pré-Sal para educação


Representantes da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes) comemoram a aprovação, nesta terça-feira (7), do projeto de lei que destina 50% dos recursos do Fundo Social do Pré-Sal às áreas de educação e de ciência e tecnologia. A proposta, de autoria do senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) foi votada na Comissão de Educação do Senado, que aprovou por unanimidade, a matéria. 

O projeto visa subsidiar novas fontes de financiamento para a educação, especialmente no momento em que o Legislativo discute o Plano Nacional da Educação (PNE) para o período 2011-2020, sem onerar o contribuinte.

“A questão do financiamento é parte central do debate sobre o Plano. Não há quem discorde sobre a necessidade de ampliar o financiamento da educação, e para isso, será necessária a busca de novas fontes para garantir, não só acesso da população à educação pública, como também acelerar a melhoria da qualidade, em todos os níveis, passando da educação infantil e o ensino básico à pós-graduação”, ressaltou Inácio Arruda (Na foto, à esquerda).

“Entendendo que o investimento na educação é o principal caminho para superar problemas históricos no Brasil”, disse o senador, destacando a presença da UNE e UBES em manifestações em Brasília esta semana. As entidade reúnem centenas de estudantes no #OcupeBrasília. O movimento acontece na Esplanada dos Ministérios, entre os dias 6 e 12 de dezembro.

Para o presidente da UNE, Daniel Iliescu, a aprovação da matéria contribui com a luta dos estudantes em defesa a defesa dos 10% como mínimo necessário para superar os grandes problemas que existem na educação no Brasil. “Este é um consenso construído há algumas décadas no movimento social e amplamente defendido pela UNE”, explica.

Ciência e Tecnologia

O texto que havia sido aprovado pela Comissão de Serviços de Infraestrutura determina um mínimo de 50% dos recursos do Fundo Social para programas e projetos de desenvolvimento da educação pública (básica e superior). A emenda apresentada pelo relator na Comissão de Educação, senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), incluiu ainda a área de ciência e tecnologia. 

Criado no final do ano passado, o Fundo Social tem entre as suas principais fontes de receita os recursos do petróleo retirado da camada pré-sal . Na versão aprovada pela comissão, dos 50%, no mínimo 70% terão de ser destinados à educação básica; 20% para a educação superior e 10% para ciência e tecnologia.

O autor do projeto, senador Inácio Arruda (PCdoB-CE), lembra que a destinação de metade do Fundo Social à educação já estava prevista na lei que o criou, mas acabou vetada pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

De Brasília
Márcia Xavier


DISPONIVEL EM: www.vermelho.org.br

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

PROFESSOR DA E.M. FRANCISCO ATHAYDE

NO SERTÃO DO NORTE DE MINAS SE ENCONTRA O POVOADO DE CLARAVAL.
FAZ PARTE DO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS. PORÉM SE ENCONTRA MAIS
PRÓXIMO DO PERÍMETRO URBANO DE CLAROS DOS POÇÕES, CERCA DE 14 Km.
DA ZONA URBANA DE MOC ESTÁ A CERCA DE 53Km.
NO POVOADO SE ENCONTRA A E. M. FRANCISCO ATHAYDE.  ESTA ESCOLA ATENDE
AO ENSINO FUNDAMENTAL (1º AO 9º ANO) DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE MONTES CLAROS.
NO MESMO LOCAL FUNCIONA TAMBEM UM ANEXO DA E.E. FRANCISCO PERES DA REDE ESTADUAL DE ENSINO/MG DO ENSINO MÉDIO (1º AO 3º ANO). AS DUAS ESCOLAS CUMPREM UM IMPORTANTE PAPEL NO PERIMETRO RURAL NO QUAL ESTÃO
SITUADAS, UMA VEZ QUE ATENDEM ESTUDANTES NÃO SÓ DE CLARAVAL MAS DE UMA
EXTENSA ÁREA NO ENTORNO DESTE POVOADO.
O PRÉDIO ONDE FUNCIONAM AS DUAS ESCOLAS PERTENCE  AO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS, PORTANTO À ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO ATHAYDE.
BRAVOS SÃO SEUS ESTUDANTES, QUE ENFRENTAM LONGA JORNADA DIÁRIA PARA
PODER FREQUENTAR AS AULAS (SE FORMOS CONTABILIZARMOS A DISTANCIA DE SUAS RESIDENCIAS ATÉ A ESCOLA).
BRAVOS SÃO SEUS SERVIDORES EM GERAL. CANTINEIRAS, FAXINEIRAS, ZELADOR DIRETORA ETC .
DESTACAMOS AQUI OS PROFESSORES, QUE PASSAM A SEMANA NO POVOADO, LONGE DA FAMÍLIA E AMIGOS,
EM PROL DO SAGRADO DEVER DE EDUCAR.